Fique por dentro
 

7 dicas para tornar o domingo do Dízimo mais especial na paróquia

Se você deseja tornar o domingo do dízimo ainda mais especial na sua paróquia, confira nossas 7 dicas que preparamos para você.

Dízimo

05.11.2020 | 7 minutos de leitura

7 dicas para tornar o domingo do Dízimo mais especial na paróquia

Muitas paróquias dedicam o 2º domingo do mês para motivar os fiéis a devolverem seus dízimos.

Se você deseja tornar esse momento ainda mais especial ou se em sua paróquia ainda não é costume de se fazer alguma motivação especial para o dízimo continue lendo esse post, pois iremos apresentar 7 dicas para tornar o domingo do dízimo mais especial na paróquia.

1. Mencionar que é o domingo do dízimo

Lembre sempre de mencionar que o domingo em questão é o domingo do dízimo, é importante fazer uma  breve menção no início da celebração e em outros momentos em que for oportuno, como as preces e o momento dos avisos.

Pois aqueles que ainda não são dizimistas podem, ao ouvirem falar do dízimo, despertarem para essa realidade tão importante e necessária na Igreja.

2. Realizar uma Campanha do dízimo

Nossa segunda dica é a criação de um tipo de campanha do dízimo. Nesse dia os agentes do dízimo podem utilizar uma camiseta da Pastoral do Dízimo, por exemplo. 

Também é interessante entregar aos participantes um material gráfico, como um folder ou um panfleto que explique sobre o sentido e a importância do dízimo. Esse tipo de material é uma forma de motivar aqueles que ainda não são dizimistas a também devolverem seus dízimos.

Inclusive podem ser utilizados banners com frases sobre o dízimo, a fim de motivar os dizimistas a se manterem fiéis e motivar os que ainda não são dizimistas. 

Neste dia também, pode ser utilizado um vídeo motivacional sobre o dízimo, antes do início da celebração. Deixamos aqui duas sugestões de vídeos produzidos pela ServoFiel e que podem ser utilizados pela sua paróquia neste momento: 

Vídeo 1: Dizimo - O que é, quanto devo contribuir, para que serve -  Acesse aqui! 

Vídeo 2: Dízimo e Pandemia - Tecnologia para espalhar amor, fé e esperança! - Acesse aqui!


3. Motivar a oração do dizimista

A terceira dica é inserir no final das preces a Oração do Dizimista, para que todos possam rezar juntos e entendam que o ato de devolver o dízimo é muito maior do que uma simples contribuição financeira, mas possui todo um sentido espiritual de gratidão a Deus e reconhecimento de que tudo é graça d’Ele.

É importante que todos tenham acesso à oração para poderem rezar junto, para isso pode ser utilizada uma projeção ou folhetos.


4. Facilitar a vida do dizimista


Hoje em dia muitas pessoas quase não utilizam mais dinheiro físico, seja por questão de comodidade, como também por questão de segurança, como medo de assaltos. Para essas pessoas se torna muito difícil fazer qualquer tipo de contribuição que não aceite nenhum tipo de transação eletrônica ou via cartão.

Por isso se torna cada vez mais importante a implementação de soluções que possam viabilizar a contribuição, atendendo também as pessoas que preferem não utilizar dinheiro físico.

Vale a pena conhecer as soluções da ServoFiel que oferece soluções automatizadas para recebimento de dízimo, ofertas e doações através de cartão de crédito ou por meio de link e QR Code.

Clique aqui e conheça as soluções da Servo Fiel para facilitar a vida dos dizimistas e das paróquias.

Estamos à disposição para ajudar a sua paróquia a ir além. Clique aqui e nossos especialistas entrarão em contato para falar mais sobre as nossas soluções e tornar claras todas as suas dúvidas!

5. Prestar contas do dízimo do mês anterior 

Essa dica tem a ver com a transparência, pois quem faz algum tipo de doação ou contribuição sempre gosta de saber onde o valor doado está sendo investido, como está sendo aplicado.

Por isso pode ser interessante incluir no momento dos avisos uma breve prestação de contas. No momento da missa é recomendado que a prestação seja feita de maneira reduzida, mas a prestação completa pode ser disponibilizada em um mural e também no site ou redes sociais da paróquia, por exemplo.

Nossa equipe está preparando um material especial a respeito de como fazer uma prestação de contas atrativa e que engaje os dizimistas, trazendo inclusive novos dizimistas para a paróquia. Assine nossa newsletter e você receberá por e-mail assim que este material for concluído. Clique aqui!

6. Lembrar os paroquianos através das redes sociais e WhatsApp

Nem todos os paroquianos conseguem lembrar do domingo do dízimo e acabam esquecendo de devolver seu dízimo por isso.

Para isso é importante que eles sejam lembrados sobre o domingo do dízimo, se sua paróquia possui página nas redes sociais é importante sempre informar por meio delas que o domingo do dízimo se aproxima, sempre motivando a generosidade dos paroquianos.

Se sua paróquia ainda não possui páginas nas redes sociais, principalmente Facebook e Instagram, é importante pensar nisso.

Outra ideia é avisar os fiéis por meio do WhatsApp, para isso é necessário que seja feito um cadastramento do número de WhatsApp dos dizimistas e criada uma lista de transmissão para que eles sempre sejam informados e não esqueçam de fazer a contribuição.


7. Sorteios

Quem não gosta de ganhar um presente? Sabemos que uma forma de cativar alguém é por meio de presentes. Por isso é importante valorizar e reconhecer o papel importante do dizimista.

No domingo do dízimo pode ser realizado um sorteio entre os dizimistas. Nossa dica é sempre optar por algum presente que auxilie na evangelização das pessoas. Seguem lgumas sugestões:
uma missa celebrada na casa do dizimista;
uma visita da pastoral do dízimo para rezar o santo terço junto com a família sorteada;
um livro que ajude a evangelizar sobre o dízimo (e aqui, podemos indicar a Editora A Partilha) Acesse aqui!

Atenção: evite colocar na lista para sorteio  apenas aqueles que contribuíram durante o mês. Talvez a pessoa naquele mês teve alguma dificuldade e não pode fazer a contribuição, mas ela não deixa de ser dizimista por conta disso. Caso seja sorteado, seu compromisso com o dízimo aumentará ainda mais. 

É importante que isso seja sempre explicado, para separar o ato de entrega do dinheiro, do \"ser dizimista\". Somos dizimistas, mesmo que mês ou outro não tenhamos contribuído, porque pertencemos a uma comunidade, a qual nos acolhe e nos  ama, não é só porque entregamos dinheiro mas porque fazemos parte dela. 

Assim, sugerimos buscar sempre um relatório de 12 meses anteriores para compor a lista dos sorteados, bem como manter os cadastros atualizados com as pessoas falecidas e os que se mudaram. 

Com essas dicas com certeza o domingo do dízimo será vivido de forma diferenciada na sua paróquia, levando os dizimistas a reconhecerem ainda mais sua importância na evangelização e motivando aqueles que ainda não são dizimistas a darem esse passo importante na fé.

Sabemos que a Santa Missa é o memorial da paixão, morte e ressurreição de Nosso Senhor, por isso, no domingo destinado a reflexão sobre o dízimo devemos fazer tudo com muita discrição e cuidado, para que seja um momento de incentivo e reflexão sobre o dízimo, mas não acabe deixando em segundo plano o sentido principal da Santa Missa.

Leia também:

- Confira aqui um ebook com 10 dicas para aumentar o dízimo na sua paróquia. Acesse aqui!
- O dízimo transforma vidas. Acesse aqui!
- 6 benefícios do App SouDizimista que vão ajudar muito você e sua paróquia. Acesse aqui!

Do mesmo autor
Mais em Dízimo
Veja todos
 
 
 
 
 
X
Você será atendido por um especialista.

Para agilizar o andamento, preencha os seus dados abaixo.